Indústria consciente e sustentável na moda

Por Leonardo Motta

Algumas expressões como “responsabilidade social”, “sustentabilidade” e “moda sustentável” caíram no gosto do público. Mas; você sabe o que esses termos significam? Nos últimos anos, muito se ouviu falar sobre essas ideias e a verdade é que elas têm algo em comum; e abrangem ações e pensamentos que levam ao ato de consumir de maneira mais consciente, com mais responsabilidade social.

Essa tríade está relacionada a diversas coisas no nosso dia a dia, inclusive na moda, na maneira como os consumidores veem o que estão comprando e como estão adquirindo cada vez mais objetos. O consumidor de hoje se pergunta se realmente está contribuindo para um mundo menos poluído, em um momento no qual se registra que a população mundial consome mais do que o planeta é capaz de suportar.

Consumimos 60% a mais do que a capacidade de renovação do nosso planeta. Por isso, é necessário repensar o desenvolvimento de produtos das grandes, médias e pequenas marcas.

 

A tendência da moda é ser e ter sustentabilidade. O desperdício produzido fez com que as pessoas buscassem roupas mais sustentáveis, locais e não globais, além de recicladas. Não prejudicar o meio ambiente na produção de novas vestimentas e acessórios torna, também, as nossas vidas mais sustentáveis. Essa é a nossa responsabilidade social. Não temos para onde fugir.

As empresas estão expondo cada vez mais as suas reponsabilidades sociais no mercado da moda, reduzindo o desperdício; e as porcentagens das produções, que cresceram 400% nas últimas duas décadas. Esse é o nosso papel social no mundo.

E você, o que tem feito? Já se perguntou?

Similar Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.